recent

Milk, o funkeiro que fez um lyric vídeo especialmente para os surdos, lança clipe com Kondzilla;


Considerado pelo público como o novo nome do funk, Milk acaba de lançar o clipe da música ‘Mina Bandida’. Produzido pelo canal Kondzilla, o trabalho marca o novo momento da carreira do cantor, que continua a ter atenção e cuidado especial com o público surdo. Pensando na acessibilidade por meio da música, esta é a primeira vez que um clipe do canal será todo legendado com foco na acessibilidade.

Com uma atmosfera de mistério e perseguição, o videoclipe, produzido pelas lentes do Kondzilla, conta com as participações especiais da funkeira Mc Jenny e Olivia Nobre, filha da Adriana Bombom e Dudu Nobre.

Na história, gravada num casarão de época, localizado no Largo do Boticário, Rio de Janeiro, através de uma linguagem lúdica e de fácil compreensão, um grupo de mulheres bem astutas decidem dominar um rapaz escolhido de acordo com o gosto delas e “torturá-lo”, por meio da beleza e sensualidade de cada uma. Por fim, o artista interpreta um elemento de desejo onde a mulher cumpre suas vontades como bem entende, até mesmo amarrando-o em uma cadeira. A mood do filme é positiva e bem-humorada, e o suspense é tratado de maneira light e clean, assim como a sensualidade impressa no conteúdo. Assista:


“Estou realizando um sonho. Trabalhamos e esperamos muito por esse dia. Ter o Umberto Tavares e Kondzilla somando ao meu trabalho só me traz a certeza de que tudo o que passamos até chegar aqui valeu a pena. Não há felicidade maior do que a que estou sentindo”, conta Milk.

Com elementos de rastafunk, um estilo que une à batida funkeira, instrumentos como pandeiro e cavaquinho, o single e o clipe prometem sacudir as pistas e celebra o novo momento do cantor.
Milk é reconhecido pelo carisma, estilo único e inovador de se apresentar.  Ele marca o segundo semestre de 2017 com muitas novidades e já faz parte do casting da UMMUSIC, produtora do maior nome do Pop Nacional atualmente, Umberto Tavares. O cantor também é conhecido por sua preocupação com a inclusão da Língua Brasileira de Sinais (Libras) em seu trabalho.

O cantor, já em seu primeiro clipe, há cerca de 1 ano, decidiu aprender a e produzir um videoclipe direcionado aos deficientes auditivos. Desde então, seu compromisso com a questão social permeia todos os projetos de sua carreira, mantendo a constante sinergia e reflexão do cantor com a inclusão social com o público surdo.

Milk já abriu o show de nomes como Ludmilla, Anitta e Mr. Catra. Até o fim do ano, serão várias novidades, como outras canções e o lançamento do primeiro EP. 


A preocupação com a acessibilidade!

Milk faz questão de levantar a bandeira de acessibilidade, em 2016, o cantor lançou o seu primeiro trabalho interpretando uma canção na Língua Brasileira de Sinais (Libras). Para ele, a cada realização, aumenta também sua preocupação e engajamento com este público. Assista:


“Fizemos questão de que o clipe de ‘Mina Bandida’ fosse lançado no ‘Setembro Azul’, mês dedicado à mobilização nacional pela comunidade surda, além de produzirmos um lyric video da canção em Libras. Tenho recebido um retorno muito grande deles e devo retribuir esse carinho”, disse o cantor.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.