recent

'Homem-Aranha: De Volta ao Lar' é o filme que todo fã do herói pediu!


O que entendemos quando ouvimos o termo “de volta ao lar”? Sim, tenho certeza que assim como eu, você também pensaria em um retorno a sua casa, a sua vida com aquela rotina e até mesmo o convívio com as mesmas pessoas, porém em Homem-Aranha: De Volta ao Lar, nós prometemos, que não temos um ‘retorno’ e sim, uma grande descoberta.

O novo filme da franquia Homem-Aranha, que desta vez é produzido pela Marvel junto com a Sony Pictures, vem com uma nova pegada em toda a história do herói. Mostra um lado que destoa completamente dos filmes que já produziram (até mesmo de Homem-Aranha 2), chega as telonas mostrando o Peter Parker de 15 anos, um menino que acredita em seus poderes – mesmo não sabendo usá-los muito bem, que tem sonhos, é ingênuo e com muita força de vontade, dando adeus aquele herói que entende suas responsabilidades e a força que ele tem dentro da sociedade.


Como uma história de origem, De Volta ao Lar, integra muito bem aos cinco filmes do personagem e como já era de se esperar, é neste filme que conseguimos entender toda a integração do personagem em outros universos da Marvel, como em Vingadores. Logo no início do longa, conhecemos o vilão Adrian Toomes - o Abutre (Michael Keaton), um personagem muito ameaçador e que produz diversas armas para ele e sua equipe, tudo isso com matérias que foram pegos dos Vingadores – até mesmo do próprio Tony Stark - essa jogada no filme faz uma ligação direta com a história do universo dos Vingadores (2012).

Falando deste universo dos vingadores, o De Volta ao Lar, se passa a dois meses após a Guerra Civil, logo após a primeira aparição do Homem-Aranha na história, e como já era de se esperar Peter (com seus 15 anos) continua a insistir em  querer ser um Vingador. Afinal, a esperança de ser cada vez maior, após toda a participação de uma das maiores guerras dos Vingadores, deixou Peter, cada vez mais sonhador.


Porém, no longa nos deparamos com diversos tipos do personagem: o sonhador, o corajoso, o inseguro, apaixonado, preocupado e até mesmo o verdadeiro, aquele menino nerd. Em tão “pouco tempo” de filme, nós encontramos diversos lados do personagem – Tom Holland, fez o trabalho de casa muito bem!

E quem espera um filme com muitas cenas de ação, também vai encontra o lado adolescente do personagem, presente dentro da escola, se relacionando com os amigos, com ‘seu amor’, sendo que podemos ousar dizer que, De Volta ao Lar, é um filme onde o Peter Parker se conhece, se prepara e finalmente aceita o seu alter-ego – o Homem-Aranha.


Os méritos não fica apenas no personagem principal e o vilão, que mesmo sabendo o que fazer e como fazer momento nenhum pega o posto de principal ou ‘brilha mais’, mas também vai para todo elenco, que sabem o que fazer com seus personagens. Laura Harrier, Jacob Batalon e Zendaya, fazem com que seus personagens, ajudem a trazer esse lado humano do Peter e ainda divertem o filme, cheio referências. Ah, vale lembrar que neste filme, o personagem ainda é um adolescente e que o ‘Homem-Aranha’ está em constante treinamento, o que tira muitas risadas do público e mostra esse lado infantil, não apenas nas cenas dentro do colégio ou com a turma.

E a Tia May (Marisa Tomei), vem com uma nova roupagem, completamente diferente do que estamos acostumados, agora mais carismática e descontraída, totalmente o oposto que temos em outros filmes do herói. Mesmo não possuindo muitas cenas juntos, Peter e May, faz com que todos se encante com o relacionamento e assim, Marisa Tomei, ganha o nosso coração.


Com diversas referencias a John Hughes, que já é marcado no cinema por questões dos adolescentes (sendo ele que dirigiu ‘Gatinhas e Gatões’, ‘Esqueceram de Mim’, ‘O Clube dos Cinco’, entre outros deste universo), você percebe a grande referencia de ‘Curtindo a Vida Adoidado’ (1989) - preste muita atenção. Já o roteiro, bem escrito – sem deixar pontas abertas ou uma narrativa cansativa, foi de responsabilidade de John Francis Daley, de Freaks & Geeks, que soube trabalhar as duas horas de filme, dando um presente para os fãs dos quadrinhos, que desejavam conhecer um lado nunca trabalhado do personagem dentro do cinema.

E não podemos deixar de falar que, sim esse este já se tornou o melhor Homem-Aranha do cinema, que com certeza, vale o ingresso, a pipoca e até mesmo o valor do estacionamento após a sessão acabar – e aos que imaginam que o filme será o Homem de Ferro, se engana, pois De Volta ao Lar, é a entrada do menino engraçado e sonhador a todo esse grande Universo Marvel e aos fãs, ele pode significar a volta após a Guerra Civil, mas, com certeza, de um futuro empolgante do personagem – sim, ele está em casa.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.