recent

Morre, aos 62 anos, o cantor Kid Vinil

Foto: Lucas Lima/UOL

O cantor, compositor e radialista Kid Vinil morreu na tarde desta sexta (19), aos 62 anos. Ele estava internado, em coma induzido, no hospital TotalCor, em São Paulor , após sofrer uma parada cardíaca depois um show, no dia 16 de abril, em Conselheiro Lafaiete, Minas Gerais.

A família do músico conseguiu arrecadar dinheiro para transferi-lo para São Paulo, através de uma campanha na internet, onde foi internado no Hospital da Luz, no bairro da Vila Mariana. De lá, ele seguiu para o TotalCor.

Kid passou mal durante o show de um projeto temático dos anos 1980, acompanhado de Kiko Zambianchi e Ritchie. Atualmente, ele liderava a banda Kid Vinil Xperience e apresentava o "Programa do Kid Vinil", toda quinta, na 89 FM.

Carreira

Nascido Antônio Carlos Senefonte, Kid Vinil se destacou no rock nacional, durante os anos 80, com a banda Magazine (anteriormente chamada de Verminose). Ted Gaz, Lu Stopa e Trinkão completavam o quarteto.

Entre os sucessos do grupo estão "Tic Tic Nervoso", "Sou Boy" e "Comeu" (tema da novela de "A gata comeu"). Em 2004, eles encerraram definitivamente as atividades, entre idas e voltas de Kid.

Ele criou o projeto Kid Vinil e os Heróis do Brasil. Ainda na parte musical, ele se dedicou ao projeto Kid Vinil Xperience, em 2005. Seu último trabalho, o EP Kid Vinil Xperience, foi lançado em 2014.

Nos anos 1990, tornou-se VJ da MTV, onde trabalhou de 1999 a 2001. Um dos programas que participou na emissora era o “Lado B”, voltado para a música alternativa. Também lançou o livro "Almanaque do Rock", em 2008, que contava um pouco da trajetória do rock desde os anos 1950. 

Em 2015, teve sua história contada na biografia “Kid Vinil: um herói do Brasil”, escrita pelo jornalista Ricardo Gozzi e pelo guitarrista e produtor musical Duca Belintani.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.