recent

5 séries para quem gosta de moda


Misturinha que não tem como dar errado, boa trama com um excelente figurino

Aproveitando que amanhã (21/04) é feriado e a gente vai poder dormir um pouquinho mais, que tal se jogar em uma série? Pensando nisso nós listamos algumas produções que podem agradar as fashionistas e amantes da moda. 


Gossip Girl 

(Fotos: Divulgação)
Já que o assunto é moda, ela não poderia ficar de fora né?! A trama, que começou em 2007 e terminou em 2012, gira em torno dos jovens da elite de Manhattan, Serena van der Woodsen (Blake Lively), Blair Waldorf (Leighton Meester), Chuck Bass (Ed Wetwick), Nate Archibald (Chace Crawford) e Dan Humphrey (Penn Badgley).

Vivendo em meio a intrigas, mentiras, muito dinheiro e basicamente nenhuma regra, eles têm suas vidas narradas por uma blogueira anônima, conhecida apenas como Gossip Girl (Garota do Blog). Sem que eles saibam como, ela segue os passos de cada um e posta tudo em seu site.
  
Com certeza, um dos pontos fortes da série é o figurino (quase um personagem), afinal como membros da elite eles usam e abusam dos maiores nomes da alta costura. O trabalho é do Stylist Eric Daman, em 2008 segundo a revista People, o guarda roupa da série contava com mais de 10 mil peças de roupa. (Seria o nosso sonho?!)

Mad Men

(Fotos: Divulgação)
A série, que começou em 2007 e terminou em 2015, venceu por quatro vezes o Golden Globe Awards de melhor série de drama e recebeu por quinze vezes o Emmy. O enredo se concentra em Don Draper (John Hamm) diretor de criação da agência de publicidade Sterling Cooper, e nas vidas de quem está relacionado a ele, assim como a relação entre agências de publicidade e seus profissionais.

Ambientada em Nova York, no início da década de 60, a figurinista Janie Bryant consegue nos levar de volta à época com composições impecáveis. A série recebeu o prêmio Costume Designers Guild Awards de Melhor Figurino de Época/Fantasia, em 2009 e 2010.

The Carrie Diaries

(Fotos: Divulgação)
 A série conta a vida de Carrie Bradshaw (Anna Sophia Robb) na adolescência. Sim, essa Carrie que você está pensando mesmo! Interpretada por Sarah Jessica Parker no seriado e filme Sex and the City. Aqui nós somos levados a 1984, para um dos períodos mais complicados de uma garota, a transição entre infância e vida adulta, ainda mais louco quando essa garota é Carrie Bradshaw.

A parte triste é que a série foi cancelada na segunda temporada, mas ainda assim é uma opção incrível se você quiser dar uma espiada na moda dos anos 80, também pela visão do figurinista Eric Daman.

Downton Abbey

(Fotos: Divulgação)
A trama gira em torno da família Crawley, pertencente a aristocracia inglesa e seus criados, no início dos anos 20. A família luta para manter o legado de Downton Abbey que está ameaçado pela morte de um parente no naufrágio do Titanic, a partir daí começa a disputa de interesses e a descoberta de um novo herdeiro.

Ao longo de suas seis temporadas, a figurinista Anna Robins, em entrevista ao Daily Mail, afirmou que várias peças foram confeccionadas especialmente para a série e que o restante é encontrado em feiras de roupas vintage e restauradas. Alguns vestidos são originais da época e chegam a custar mais mil libras.

Pretty Little Liars

(Fotos: Divulgação)
A série está em sua sétima e última temporada e conta a história do grupo de amigas Aria Montgomery (Lucy Hale), Hanna Marin (Ashley Benson), Emily fields (Shay Mitchell) e Spencer Hastings (Troia Bellisario), quatro amigas que vivem na pacata cidade de Rosewood.

Após o desaparecimento de Alison DiLaurentis (Sasha Pieterse), a quinta integrante do grupo, as meninas começam a receber mensagens estranhas assinadas por uma letra. Elas desconfiam de que possa ser a amiga desaparecida que envia as mensagens, porém outras coisas misteriosas começam a acontecer.

A figurinista Mandi Line criou uma identidade diferente para cada uma das personagens através do vestuário, o que rendeu looks incríveis ao longo da série. E o mais legal é que, em entrevista ao site E! Oline, Mandi revelou que não é nada difícil se jogar no estilo das personagens, já que ela não investe em marcas luxuosas e de alta costura para compor o vestuário.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.